Estamos chegando a mais um final de semana e vocês já sabem o que isso significa né? Está chegando a hora de vocês exagerarem na bebida, sairem da balada tropeçando nas próprias pernas e fazer o possível pra não rachar o bicaço no meio da rua e passar vergonha no meio de todo mundo.

Tá, não sei se todo mundo tem um final de semana parecido com esse, mas é assim que eu imagino já que sou um velho cansado (por dentro) e prefiro ficar em casa comendo e assistindo Netflix, hahaha! E por falar em vexame, hoje vim mostrar pra vocês uma série de trabalhos que vai elevar isso aí embaixo a um nível de ridículo muito maior.

Vocês já conhecem o trabalho do artista e fotógrafo Aiden Glynn? O cara é responsável por uma série de street arts espalhadas pelas ruas de Montreal, no Canadá. Aiden já tem uma lista enorme de trabalhos com sua assinatura, mas a mais legal e que com certeza tem mais a ver aqui com o blog é essa que escolhi vir mostrar pra vocês hoje.

Usando apenas recortes de papel, pedaços de isopor e adesivos, o artista foi capaz de recriar personagens icônicos de desenhos e vídeo-games, fazendo uma mistura gostosíssima do mundo digital com o mundo real. Ele ainda aproveita o formato dos objetos com os quais pretende interagir para dar mais vida e dinamismo para seu trabalho, seja utilizando um buraco na parede ou as formas em uma placa de rua.

Criatividade e simplicidade em uma das séries de arte de rua mais legais que já vi até hoje. Se você ficou curioso pra ver o que mais saiu da cabecinha desse canadense, é só correr aí depois do pulo pra ver todos os trabalhos. Tem Super Mario, Zelda, Pokémon e muita coisa que vai te deixar com inveja e vontade de recortar uns papéis pra sair espalhando pela rua, hahaha!

Espero que gostem! Beijos e até amanhã. :)

Você vai gostar também:

Luzes, projeções 3D e 55 mil lâmpadas LED em festival na Bélgica
Como são feitos os sons dos vídeo games?
Conheça a arte geek de Olly Moss
Pôsteres de Super Mario te convocando para a guerra
Conheça a casa de cabeça pra baixo