29 de abr de 2014 / Arquivado em: Cultura, Food
O quê você come quando está de ressaca?

Todo mundo já teve aquele dia em que apenas o ato de respirar faz a sua cabeça doer e o seu estômago embrulhar, depois de uma noite inteire de festas e bebedeira. Seja pra uma pessoa que bebe com frequência (nesse caso isso acontece todo fim de semana, né?), seja pra uma pessoa que bebe regularmente ou até pra quem nunca bebe, acredite, sua hora vai chegar!

E não tem nada melhor pra um momento pós-balada e pré-ressaca do que enfiar o pé na jaca e comer alguma coisa super gostosa pra compensar toda a bebedeira dos momentos de festa. E bom, como dá pra ver pelo meu tamanho nos vídeos, euzinho aqui não recuso um bom prato de comida né? HAHAHA! Ainda mais se for algo diferente ou que parece ser bem apetitoso, porque se for o caso, eu nem precisaria ter enchido a cara de cachaça pra poder cair de boca nessas belezinhas.

Pensando nisso, o canal do YouTube do BuzzFeed, o BuzzFeedYellow, criou uma lista com mais um vídeo super interessante envolvendo comida. Desta vez eles listaram que tipo de comida as pessoas preferem comer ao redor do mundo quando estão com fome e começando a ficar de ressaca. De acordo com o vídeo, os americanos comem pizza de peperone, enquanto os mexicanos comem tacos e brasileiros comem acarajé (????). Veja o vídeo a seguir. continue lendo…

Você vai gostar também:

Como são feitas as fotos dos hambúrgueres do Mc Donald's
Arte de sushi por Takayo Kiyota
Super Mario no Mc Lanche Feliz
Como se come pizza na guerra?
As sobremesas mais assustadoras que você já viu na vida

Finalmente chegamos ao dia mais esperado da semana: a sexta-feira! Vocês aí já tem planos para o que vão aprontar no fim de semana? Euzinho aqui, como bom gordinho trabalhador, vou usar meu sábado e domingo para relaxar e meditar sobre as coisas boas da vida. O que, na verdade, significa que eu vou é encher a cara de comida e ficar 48h deitado de pijama assistindo alguma coisa no Netflix. E não há Deus que possa me julgar.

Aliás, já que o assunto é comida, vamos introduzir (ui) o tema do post de hoje. Porque falando francamente, assim, bem pertinho, olho no olho: tem coisa melhor pra se comentar numa sexta como essa?

Hoje vim contar pra vocês sobre um projeto fotográfico encabeçado pela agência WHYBIN\TBWA. Os caras criaram uma série fotográfica para divulgar o Festival Internacional Gastronômico de Sidney, o maior festival gastronômico da Austrália. Nas peças, cada país é representado por sua bandeira composta por pratos ou ingredientes típicos de cada um deles. Temos a Itália representada por manjericão, massa e tomates, temos os EUA representados por cachorros-quentes, ketchup, mostarda e queijo, e tem até o Brasil no meio de tanta coisa gostosa.

Se você não estava com fome até agora, se prepare, porque essas imagens (IBAAAGENS, EU QUERO IBAAGENS!) estão de dar água na boca! continue lendo…

Você vai gostar também:

Gravidade alterada em uma overdose de chocolate
Líquidos coloridos e formas surreais em fotos de Luka Klikovac
Uma lista com 5 maravilhas bloguísticas pra adicionar no seu feed
Pinturas faciais como você nunca viu antes
Patriotismo gastronômico à flor da pele

Um homem mascarado que ensina canto a uma jovem pela qual é apaixonado, um grupo de gatos num beco, uma dupla de bruxas que se conheceu antes da estrada de tijolos amarelas ficar famosa, a história de vida de um pequeno leão que um dia será rei e muitas outras histórias incríveis que você só vê nos palcos dos musicais agora vão ficar um pouco de lado para dar espaço à nova atração da Broadway que está vindo aí.

É isso mesmo que você está pensando: o filme favorito de 11 em cada 10 gays no mundo vai ganhar uma adaptação para os palcos do teatro. Em março desse ano a atriz, comediante, musa e também roteirista do filme Tina Fey confirmou os boatos que circulavam por aí sobre essa adaptação. Agora, alguns meses depois, a letrista Nell Benjamin, escolhida para escrever as músicas da peça falou à Playbill sobre o andamento da produção cuja equipe criativa é encabeçada por ela, Fey e seu marido, o compositor Jeffrey Richmond.

Nell conta que a produção do musical caminha muito bem, e que está muito feliz em poder trabalhar na adaptação do filme pois, assim como aconteceu na adaptação de Legalmente Loira para a Broadway, em Meninas Malvadas eles poderão explorar mais alguns personagens que não tem tanto destaque no filme. continue lendo…

Você vai gostar também:

A gente é Addams, e ser legal é ser do mal!
[ENCERRADO] Concorra a pares de ingresso para assistir A Família Addam...
A África vai invadir os palcos brasileiros com rei dos musicais
18 países representados por seus pratos típicos
Frozen, da Disney, vai virar musical da Broadway!

Você já ouviu falar num tal de Charles Addams? Bom, com esse sobrenome já da pra imaginar quem ele seja né? Charles é um renomado cartunista americano, conhecido por criar muitos personagens memoráveis em publicações para jornais e revistas. Sua criação mais conhecida é a famosa Família Addams! *estalando os dedinhos*

Essa família macabra foi criada para uma série de quadrinhos, em 1933, e com o passar dos anos a trama já foi adaptada para um seriado, desenhos animados e alguns filmes. Em 2010 veio uma nova adaptação, em forma de musical da Broadway, e o sucesso foi absoluto!  Em 2012 a produção foi adaptada para o público brasileiro, contando com Marisa Orth no papel da Mortícia, Daniel Boaventura no papel de Gomez, e grande elenco. O mais bacana é que o Brasil foi o primeiro país escolhido pra fazer uma adaptação da peça.

A Família Addams apresenta numa história original, um verdadeiro pesadelo de todos os pais. Sua filha mais nova transformou-se em uma jovem mulher, e para piorar, apaixonou-se por um doce e inteligente jovem de uma família tradicional. Sim, Wandinha Addams, a última princesa das trevas, tem um namorado “normal”. Para os pais, Gomez e Morticia, esse é um acontecimento que irá virar de cabeça para baixo a casa dos Addams quando eles são forçados a organizar um jantar para o jovem e seus pais.

Dá só uma olhada na cena de abertura do musical aqui no Brasil:

Muito legal, né? Se você quiser ver a cena completa, tem um vídeo aqui.

Eu já tive a oportunidade de ir até São Paulo e assistir ao musical e só tenho elogios a fazer. Os figurinos são lindos, os cenários são super bem produzidos, as músicas versionadas em português ficaram muito bem traduzidas e grudam muito na cabeça, e o roteiro é muito engraçado. É um programa pra todos: seus pais vão adorar, seus filhos também, seus amigos, todo mundo! Estou indo pra São Paulo de novo em breve e irei assistir ao musical pela segunda vez. Mal posso esperar! :)

Mais fotos! Clique para ampliar:



E tem também um recadinho da Vovó e da Wandinha pra vocês aqui do blog, olha só:

Se você ficou curioso, mas mora longe como eu, tem muita informação legal lá na página do Facebook da peça. E se você se interessou e quer ir, deixo aí embaixo as informações de local, datas, horários e preços!

Localização: TEATRO ABRIL – Av. Brigadeiro Luiz Antônio, 411 – Bela Vista – São Paulo – telefone: (11) 4003-5588
Dias e Horários: Quintas e Sextas, às 21h; Sábados às 17h e 21h; Domingos, às 16h e 20h
Preços: Dependendo do setor, os preços variam de R$80,00 a R$250,00 (valores de inteira), e dá pra comprar aqui!

Você vai gostar também:

Brincadeira na hora de comer pizza
Uma lista com 5 musicais que ainda quero ver no Brasil
Designer cria jogo de tabuleiro baseado no Facebook
18 países representados por seus pratos típicos
Conheça os bastidores de O Rei Leão
27 de mar de 2012 / Arquivado em: Cores, Cultura, Viagens
Conheça o Festival das Cores, na Índia!

A cada dia que passa eu acabo aprendendo e conhecendo uma coisa nova, que me surpreende. Hoje me apresentaram a essa incrível festa, a Holi, também conhecida como Festival das Cores.

Clique para ampliar:


O evento é um festival da religião Hindu,  que acontece todos os anos entre fevereiro e março, para comemora a chegada da Primavera no Hemisfério Norte. Neste dia, as pessoas atiram tintas e pós coloridos umas nas outras. A festa tem sempre muita bebida, comida e música. É diversão garantida, porque no fim das contas tá todo mundo super colorido. Olha só esse vídeo aí embaixo:

Lindo o efeito que o pó colorido faz, né? Já pode marcar a viagem pra lá no ano que vem? :)

Via Rafa Borges

Você vai gostar também:

Uma viagem de 5 minutos às maravilhas da Islândia
A gente é Addams, e ser legal é ser do mal!
Meninas Malvadas agora cantando e dançando?
18 países representados por seus pratos típicos
Modelos se transformam em obras de arte 2D