29 de nov de 2013 / Arquivado em: Criatividade, Ilustração, Tipografia
O quê você mais ama?

Você já parou pra se fazer essa pergunta? O designer gráfico Jaco Haasbroek sim, e não só se perguntou como decidiu listar em uma série de ilustrações que recebeu o nome de “I Heart”. O cara representa as coisas que mais gosta de um jeito que muita gente já tá cansado de ver, mas com uma pitada de originalidade e criatividade de deixar os olhos brilhando e um sorriso no rosto.

Haasbroek é um artista nascido em Cape Town, na África do Sul, e é especialista em criar séries de imagens super inteligentes que são uma mistura de fofura com ideias brilhantes. Ao observar seus trabalhos, percebe-se logo de cara que ele curte bastante linhas simples, minimalismo e longas caminhadas na praia (ok, essa parte eu inventei).

Separei aí embaixo algumas das minhas imagens favoritas, mas não são nem de perto todas as peças que o cara criou (e ainda está criando). Para acessar o trabalho completo vale a pena conferir o Flickr e a Fanpage do projeto. continue lendo…

Você vai gostar também:

Um pôster com 70 coisas que às vezes esquecemos
Princesas da Disney já estão se preparando para o Carnaval
Um guia definitivo pra você não se perder mais assistindo Game of Thro...
Pokémons Derp por Niels Beekes
E se os jogadores da Copa fossem gordinhos?

Já que o fim de semana está logo aí virando a esquina, resolvi trazer hoje aqui no blog uma série de imagens pra vocês se inspirarem e poderem praticar o carão pras fotos das baladas de sexta, sábado e domingo. Tudo isso de um jeitinho que você só encontra aqui no Monsterbox: com arte, tecnologia e criatividade! Tá, na verdade não foi bem pra te inspirar pras fotos que eu decidi mostrar mais alguns trabalhos do brasileiro Butcher Billy.

A verdade mesmo é que os trabalhos do cara são tão fodas que esse em si já é o único motivo pra compartilhar essas imagens com o maior número de pessoas possível. Já mostrei há um tempinho atrás algumas imagens que representavam a colisão dos mundos do cinema com quadrinhos, onde super-heróis e super-vilões dos gibis são inseridos em cenários de suas respectivas adaptações para a telona. Quem aí lembra?

As imagens do post de hoje vêm para provar que Billy é mesmo um talento para fazer essas misturas do real com o digital. Nelas, o cara apagou o rosto de ícones pop clássicos como Marilyn Monroe, Freddie Mercury e Elvis e, no lugar, colocou uma representação correspondente feita com emoticons em caracteres. Desses que a gente usa pra conversar na internet. O resultado é criativo e divertido, e você confere por completo logo aí depois do pulo! :) continue lendo…

Você vai gostar também:

As colagens de técnicas mistas de Quentin Jones
Filmes de Alfred Hitchcock como jogos da Nintendo
Os desenhos aquarelados de Agnes Cecile
Alto-falante de papelão para o seu celular
Exibição de pinturas em 3D, por Brain Mash

Ultimamente tenho sentido saudades de conversar com vocês sobre cinema. Faz tempo que não posto nada por aqui sobre um próximo lançamento nas telonas, curiosidades ou algum vídeo maneiro sobre um filme, né? Bom, a espera acabou. Hoje trouxe pra vocês uma série de desenhos incríveis, que seguem a linha do Alfabeto do Horror e dos 13 desafios alfabéticos pra quem curte cinema. Quem aí lembra? :)

A mente por trás dessa série é o ilustrador, designer e fotógrafo britânico Doaly. O cara se desafiou a criar uma série em que 26 filmes fossem representador pelas 26 letras do alfabeto. Somados às letras, também foram criadas ilustrações com elementos icônicos de cada filme. O mais incrível é que Doaly criou isso tudo em apenas 12 horas!

Os filmes representados na imagem estão com seus títulos em inglês, é claro, mas dá pra entender perfeitamente a grande maioria deles mesmo que você não seja muito familiarizado com a língua. O legal disso é que, se você não entender logo de cara qual é o filme, dá pra rolar um desafio em tentar descobrir todos os desconhecidos. E aí, será que você consegue? continue lendo…

Você vai gostar também:

Onde está Wally: o filme!
CubeCats: gatinhos de pelúcia em formato de cubo
Um trailer de 5 minutos de Snow White and the Huntsman
Alfabeto do horror
Uma letra pode fazer toda a diferença
16 de mar de 2012 / Arquivado em: Arte, Tipografia
Ilustrações tipográficas feitas com giz

Só mesmo quem já desenhou com giz num quadro negro pra saber como é difícil fazer um desenho legal, sem sujar tudo ou todos. Deixo essa tarefa pra artista americana Dana Tanamachi, que com seu talento e amor por tipografia, já conseguiu fechar artes para campanhas de peças de clientes como West Elm, Rugby Ralph Lauren, Google, The Ace Hotel, Adidas, EveryDay with Rachael Ray, Lululemon Athletica, e O Magazine (a revista da Oprah).

Todo o trabalho é feito a mão, usando apenas giz e panos molhados pra limpeza das superfícies! Aí embaixo tem um vídeo em time lapse pra vocês verem a moça em ação, vale a pena dar o play!

E no post completo tem mais um montão de trabalhos lindos. Enjoy! continue lendo…

Você vai gostar também:

As colagens de técnicas mistas de Quentin Jones
Volta ao mundo: 30 pinturas de rua por todo o planeta
Sampa vs Buenos
Super-heróis em pinturas clássicas
Ícones pop e seus óculos, por David Schwen